10 dicas para economizar com o plano de celular mês a mês

dicas para economizar com o plano de celular

Buscar dicas para economizar com o plano de celular talvez seja um dos atos mais inteligentes atualmente. Em época de economia difícil, em que não se sabe exatamente como a balança de contas pessoais vai se comportar no mês seguinte, ter meios para ajustar a conta bancária é ideal.

E os planos de celular podem ajudar bastante nesse contexto. Ou melhor, isso se a gente permanecer atento a determinados detalhes. Estes podem significar boa quantidade de reais por mês e muito mais no fim de ano.

De certa maneira, as contas de telefone celular são caras também mundo afora. Isso significa que sua reclamação com gastos com telefonia é compartilhada por bilhares de pessoas. Por mais facilidades que as operadoras ofereçam, a impressão que se tem é de que nada ameniza tais gastos.

Nesse caso, as equipes de nosso site foram atrás de dicas para economizar com o plano de celular. Algumas delas são bem simples, dessas que se pode aplicar naturalmente. Outras dão um pouco mais de trabalho. Contudo, seus resultados são permanentes, o que as torna bem producentes.

Interessante: recentemente, a TeleGeography (veja informações ao fim deste artigo) confirmou que sua base de dados registra que, em todo o mundo, já são 7,1 bilhões de linhas móveis. Essas informações geram expectativa no mercado de haver mais celulares que seres humanos já nos próximos anos. No Brasil, há três anos, já havia mais celulares que habitantes.

Existem mesmo dicas para economizar com o plano de celular?

mulher tentando seguir dicas para economizar com o plano de celular
Existem algumas dicas para economizar com o plano de celular

Muitos levantamentos estatísticos são conflitantes. Ou seja, enquanto alguns mostram que os gastos com telefonia celular são exorbitantes, outros indicam queda nos valores médios disponíveis a esses serviços. E parece haver diversas razões para essas diferenças entre as pesquisas.

Como se sabe, o telefone celular entrou na vida das pessoas de forma impactante. E para nunca mais sair. – no mínimo, vai se tornar ainda mais presente no dia a dia de todo mundo. Nesse caso, a oscilação entre aumento e decréscimo nos valores médios de consumo pode ter muitos motivos.

O momento da pesquisa

Todo levantamento é, evidentemente, elaborado em um período de tempo. Dessa maneira, circunstâncias diversas desse período interferem nos resultados. Os dados das pesquisas podem ter refletido uma situação de comoção social anterior, como catástrofes, em que pessoas usaram muito mais os aparelhos.

Competição

Como se sabe, o sistema de economia no Brasil não apenas permite como incentiva concorrência. Nesse sentido, a competição entre operadoras é outro fator importante que pode acabar alterando resultados de momento. Afinal, há limite para atos de concorrência. Uma vez atingido, isso produz efeitos nos hábitos de consumo.

Nova tecnologia

Toda vez que a tecnologia da comunicação dá um salto impactante, há aumento nos valores médios de consumo. Exemplo disso é a implantação do sistema 5G atual. O consumidor busca atualização de seu sistema e, claro, novas tecnologias são sempre mais caras nos meses seguintes ao lançamento

Mudança de hábitos

Ocasionalmente, o consumidor pode estar alterando sua relação com o aparelho móvel. Ou seja, determinadas situações podem fazer que grande número de usuários aumente ou diminua o consumo médio.

É possível seguir dicas para economizar com o plano de celular?

aparelho de celular em frente ao laptop com dicas para economizar com o plano de celular
Há dicas para economizar com o plano de celular muito eficientes

De qualquer maneira, sejam quais forem os motivos que fazem os valores médios oscilarem, há dicas para economizar com o plano de celular extremamente eficientes.

Por outro lado, a quantidade de opções de operadoras, de seus planos, de sua estratégias é enorme. Assim, decifrar todas as opções apenas para economizar dinheiro na sua conta de telefone celular pode ser estafante.

Mas é possível!

Bem, estando cansado de pagar uma pequena fortuna todos os meses em telefonia celular, observe estas dicas. Em princípio, algumas delas resultam em economia de poucos centavos somente. Entretanto, somando-se tais centavos de cada dica, a economia se torna mais evidente.

Veja.

Débito automático

Isso provavelmente não poupará uma quantia enorme de dinheiro, o que invalidaria dicas para economizar com o plano de celular. De qualquer maneira, é economia. O débito automático evita emissão de boletos e faturas impressas, o que reflete diretamente nos custos da operadora.

Assim, quanto mais consumidores fizerem pagamentos por débito automático, há menos custos operacionais para as empresas. Em algum momento, elas acabam repassando a economia para seus clientes.

Uso de wi-fi

Essa é uma das dicas para economizar com o plano de celular mais clássicas. Os clientes já pagam um valor mensal para o provedor de internet em casa. Ou na empresa que trabalham já fazem isso. E há serviços de telefonia por wi-fi realmente eficientes.

Então, não tem sentido usar os serviços do plano de dados da telefonia móvel se tais serviços podem ser conseguidos via wi-fi. Assim, prefira baixar arquivos pesados quando estiver conectado por esse processo.

Mesmo porque, muitas operadoras cobram valores extras e proporcionalmente maiores quando o limite de dados é ultrapassado. Com o wi-fi, isso não existe.

Aplicativos sorrateiros

Como você sabe, há aplicativos que permanecem ativos mesmo quando não estão abertos. Ou seja, quando você não está usando. Os produtores desses aplicativos lançam mão dessa estratégia especialmente para monitorar hábitos de clientes.

É dessa maneira que conseguem oferecer produtos e serviços customizados. Isto é, enviam mensagens personalizadas posteriores sobre aquilo que o cliente mais precisa no momento. De certa maneira, isso é bom.

Por outro lado, esses aplicativos consomem muito do plano de dados e também da bateria. Nesse cenário, os benefícios de receber mensagens específicas são engolidos por gastos suplementares.

Então, configurar o aparelho para desativar esses aplicativos é uma das dicas para economizar com o plano de celular mais eficientes. Acesse as configurações e consulte o item “Uso de dados celulares”. Atualize o processo de segundo plano de cada aplicativo e desative os que você realmente não usa.

Dispense o supérfluo

Sabe aquele hábito que a gente tem de apenas passar os olhos nas faturas mensais? Pois então! É melhor perdê-lo. Ele esconde bom resultado de uma das dicas para economizar com o plano de celular altamente interessante.

Assim, sempre dê uma olhada na sua fatura mensal. De certa maneira, isso pode parecer dispensável, mas há surpresas nela que deixam muitas pessoas de boca aberta. Muitos clientes pagam por serviços que nunca usam. Exemplo disso são assistência emergencial na estrada, programa de dados ilimitados desnecessário, aprimoramento de correio de voz etc.

Além disso, muitas operadoras têm costume de desestimular consulta por parte dos clientes usando termos estranhos para identificar itens de cobrança. Quem tem plano pós-pago sabe disso. Por exemplo, você sabe o que é “Cobrança Serviços de Terceiro TDATA”? Ou “SVA Engineering”?

Seguro inseguro

O trocadilho acima até parece bobeira, mas, se você tiver decidido por pagar seguro, talvez seja interessante avaliar detalhadamente essa necessidade. Especialistas em dicas para economizar com o plano de celular dizem que há uma equação de lógica – informal, mas interessante – para definir se há mesmo necessidade de seguro:

  • Seu aparelho é caro
  • Precisa de seguro
  • Se precisa de seguro, esse valor mensal pode ser separado e guardado
  • Quando houver necessidade e se houver necessidade, o cliente pode adquirir um novo aparelho
  • Portanto, não há necessidade de seguro

Essa fórmula de lógica é sugerida por especialistas porque, usando-a, o cliente não vai pagar pelo lucro da empresa ofertadora do seguro. Sim, porque, afinal, ela tem lucro. E quem paga é o usuário do celular.

Por outro lado, há ainda algumas perguntas cujas respostas reforçam a fórmula lógica acima:

  • Sua postura em relação ao aparelho é inconsequente?
  • Você tem atitudes descuidadas?
  • Os locais que frequenta oferecem perigo para seu aparelho?
  • Seu aparelho não tem proteção de tela?
  • Ele não está protegido por capa?

Bem, se a maioria das respostas acima for “não”, então o seguro é dispensável.

Fidelidade custa caro

dicas para economizar com o plano de celular: evitar a fidelidade
A fidelidade pode custar caro se voc6e perder outras oportunidades de planos com outras operadoras.

Alguns especialistas em mercado de telefonia móvel costumam fazer uma piadinha que, aparentemente, parece despropositada. “Toda fidelidade tem um custo e, normalmente, esse custo é falta de outros prazeres”. Se a gente comparar as situações em que “fidelidade é necessária”, a piadinha deixa de ser despropositada.

No caso de telefonia celular, é possível que o cliente de um plano de determinada operadora esteja “perdendo o prazer de ser cliente de outra mais eficiente”. E justamente porque assinou contrato de fidelidade com a operadora atual.

Por outro lado, as empresas de telefonia celular sabem como ganhar dinheiro. E muito, muito dinheiro. Uma das formas mais produtivas é por meio de contratos. Assim, ao adquirir um linha para usar a rede de certa operadora, muitas exigem assinatura de contrato válido por certo período mínimo.

Ou seja, havendo distrato por parte do cliente, a multa é exorbitante, escorchante. Dessa maneira, a operadora ganha dinheiro duplamente: ao receber e ao não oferecer o serviço pertinente a esse recebimento.

Planos corporativos

Como a gente tem comentado ao longo de muitos textos aqui, as operadoras lançam estratégias até mirabolantes para manter sua carteira de clientes. Algumas delas parecem esquecer os limites da lógica.

Bem, certamente, não é o caso da estratégia dos planos corporativos. O consumo médio em telefonia celular de empresas é obviamente bem maior que o consumo pessoal. Portanto, as operadoras têm todo interesse em manter empresas como clientes.

Nem que, para isso, ofereça planos altamente vantajosos para colaboradores das empresas clientes. Ou seja, parte do lucro das operadoras com planos corporativos sustenta ofertas e planos interessantes para funcionários.

Assim, é sempre muito lucrativo consultar a empresa em que se trabalha. Talvez a operadora disponha de planos semelhantes.

Ainda, talvez até a própria empresa detenha algum programa de reembolso. Ou seja, o colaborador pode estar usando seu telefone pessoal em atividades associadas à empresa. Nesse caso, talvez haja um meio de a companhia ressarcir parte do consumo de dados.

Então, essa é uma das dicas para economizar com o plano de celular: converse com a empresa.

Negocie. Sempre

Jamais perca o senso de negociação. Você pode não ser um expert em negociação de maneira geral, mas certamente conhece suas necessidades, suas dores e o poder de seu bolso. Portanto, não há ninguém melhor que você mesmo para apontar possibilidades de negociação.

Porém, antes de contatar sua operadora, liste todos os itens discutíveis de eventual contrato. Tenha respostas na ponta da língua, do lápis e do bolso.

Troca de aparelho

dicas para economizar com o plano de celular: trocar o aparelho
A troca de aparelho pode ser uma das dicas para economizar com o plano de celular.

Até mesmo a troca de aparelho, quando necessária, pode ser alvo de dicas para economizar com o plano de celular. Afinal, há operadoras que suportam programa de substituição de aparelhos a título de gratuidade.

A gente comentou acima sobre necessidade ou não de seguros. E, na dica anterior, falou sobre poder de negociação. Ainda, a gente destacou a questão do programa de fidelidade. Muitas vezes, é impossível fugir dele ou do seguro.

Nesse caso, que tal tentar envolver o valor do seguro no plano de fidelidade? Afinal, se você está certo/certa de que vai permanecer como cliente da operadora durante todo o período de vigência do contrato, isso deve valer algo no momento da negociação.

Como se sabe, as operadoras têm “gordura para queimar” ao oferecer grandes vantagens. Por mais intensas e expressivas que sejam, sempre há algo mais a oferecer. Isso é estratégia das empresas.

Então, aproveite isso. Vasculhe todas as possibilidades de aumentar as vantagens.

Localização das torres

Parece incrível, mas a localização das torres de emissão de sinal também são fatores importantes nas dicas para economizar com o plano de celular. Como se sabe, quanto mais perto do aparelho móvel, mais intenso é o sinal. Portanto, apresenta mais qualidade.

Consequentemente, os valores pagos mensalmente terão retorno mais abrangente. Nesse caso, a economia pode não aparecer na fatura de maneira direta. Entretanto, ela vai estar constante em determinados momentos.

Por exemplo, o cliente pode estar perdendo bons contatos por conta de perda ocasional de sinal. Ou, ainda, não conseguir fechar negócios com frequência porque o sinal é ruim. E até possível que o cliente precise refazer a ligação duas, três vezes depois de queda do sinal.

No frigir dos ovos, tudo isso é custo, é perda financeira. Assim, proximidade com torres de emissão de sinal é a melhor saída. Ou seja, na próxima vez que for contratar serviços de uma operadora, verifique a localização da torre.

E surpreenda-se.

Complemento: TeleGeography é uma empresa de consultoria e pesquisa de mercado de telecomunicações. Realiza pesquisas aprofundadas, compila grandes conjuntos de dados e apresenta essas informações claramente em relatórios e bancos de dados online. Desde 1989, tais dados fornecem orientação a milhares de clientes, incluindo empresas, provedores de serviços, fabricantes de equipamentos, investidores e governos.

Então é isso. Como você viu, dicas para economizar com o plano de celular mostram o quanto as estratégias das operadoras conseguem interferir na percepção do cliente quanto a gastos com telefonia celular.

Você, leitor, teria alguma outra dica para deixar para nossos amigos? Use a área de comentários logo abaixo.

RESPONDER